Cuidados durante a semeadura de grãos garantem bom estabelecimento da lavoura

artigo Sumitomo Chemical - Boas Práticas

26 Setembro 2022

Cuidados durante a semeadura de grãos garantem bom estabelecimento da lavoura

É preciso adotar boas práticas para evitar falhas e plantas duplas, por meio de estratégias preventivas a fim de controlar plantas daninhas, pragas e doenças desde a fase inicial do cultivo

O plantio de grãos é um momento decisivo para a safra. Esse primeiro passo vai direcionar a formação da lavoura, traçar desafios para o manejo e apontar previsões para a futura produtividade.

Se as operações forem realizadas de forma adequada, o agricultor vai garantir o bom estabelecimento da plantação, permitindo que as plantas possam se desenvolver de maneira uniforme, com adequado espaçamento entre linhas e densidade de plantas.

Por outro lado, os descuidos durante a semeadura resultam em falhas e duplas, que são problemas incorrigíveis após o plantio e comprometem a performance da lavoura. As falhas e duplas resultam da má regulagem de plantadeiras e podem prejudicar qualquer lavoura de soja, milho, algodão, entre outras culturas.

As falhas deixam um “espaço vazio” de solo exposto e improdutivo que pode favorecer o desenvolvimento de plantas daninhas. Já as duplas significam depositar, por engano, mais de uma semente em um mesmo sulco de plantio, comprometendo o estande da lavoura.

artigo Sumitomo Chemical - Boas Práticas

Evite falhas e duplas

As plantadeiras operam com discos de plantio, que são peças essenciais para executar o trabalho de coleta e distribuição de sementes. Os discos podem estar associados aos diferentes sistemas dosadores de sementes, que funcionam de forma mecânica ou com sistema pneumático à vácuo.

Resumidamente, o tipo de disco e o tipo de sistema da máquina determinam como se dará a movimentação da semente no interior da semeadora. Há muitos detalhes técnicos que garantem o bom funcionamento adequado da máquina. Entre esses detalhes, destaca-se que é fundamental utilizar o disco indicado para cada cultura.

Além disso, as sementes de soja podem ter tamanhos variados, então é fundamental comprar sementes de boa procedência e classificadas, para que tenham um tamanho padronizado, e sempre utilizar o disco indicado para a cultivar escolhida.

Ou seja, se o produtor vai plantar soja, precisa utilizar o disco adequado para a cultivar de soja. Se depois disso for plantar uma área de milho, deve fazer a troca da peça para então usar o disco indicado para o híbrido de milho escolhido.

Outro cuidado essencial é beneficiar a plantabilidade por meio da adição de grafite, que reduz o atrito entre as sementes no interior da semeadora. “O grafite facilita a distribuição das sementes”, explica Rodrigo Brunini, que é engenheiro agrônomo, doutor em ciências do solo e analista de Stewardship na Sumitomo Chemical.

Brunini ressalta ainda os cuidados com os discos de corte das plantadeiras, que são as peças responsáveis por cortar a palhada presente no campo, abrir o sulco de plantio e colaborar para a aplicação de fertilizantes e sementes no solo. “O produtor tem que prestar muita atenção aos discos de corte. Quando o equipamento está mal regulado, a profundidade de plantio fica inadequada, podendo a semeadura ficar muito profunda ou superficial demais”, alerta Brunini.

Manutenção e limpeza de maquinário

O trator e a semeadora precisam estar preparados para entrar em campo. Os preparativos incluem uma revisão geral, troca de peças desgastadas, limpeza, lubrificação com graxa de qualidade e regulagem.

Entre essas questões, a limpeza chama a atenção porque pode influenciar no manejo de plantas daninhas, pragas e doenças. “É importante principalmente observar se o conjunto que comporta as sementes tem resíduos de solo e sementes de outras plantas. Por exemplo, se o produtor vai plantar a soja e a máquina tem restos de sementes de milho da safra anterior, o milho vai emergir sendo considerada neste momento uma planta invasora para a soja e que pode trazer pragas e doenças inesperadas”, explica Brunini.

Segundo o especialista, a semeadora e o trator também podem transportar muitas sementes de plantas daninhas e favorecer a propagação de nematoides. Por isso, é preciso limpá-los com água abundante a fim de eliminar todos os resíduos. Outro detalhe é que essa limpeza deve ser realizada por profissional capacitado e ocorrer em um galpão adequado, com descarte da água usada na rede de esgoto. Muitas vezes, as sementes utilizadas passaram por tratamento com defensivos e há resíduos de fertilizantes no maquinário, então é essencial que o colaborador utilize Equipamentos de Proteção Individual (EPI) durante a limpeza.

Além de realizar uma boa limpeza, Brunini recomenda planejar estrategicamente a semeadura. “Existem bancos de sementes de plantas daninhas no solo e, quando um implemento passa e revolve a terra, a tendência é carregar essas sementes. Isso vale também para a propagação dos nematoides. Para ter um manejo mais adequado, é importante que o produtor entenda quais são as áreas de maior risco. O ideal é fazer um escalonamento e plantar nas áreas infestadas por último para limitar a propagação das plantas daninhas e nematoides”, explica.

Entre as boas práticas de plantio, o especialista também recomenda aplicar herbicida pré-emergente antes da semeadura e realizar tratamento de sementes, para que a semente fique protegida contra o ataque de pragas e doenças na fase inicial de cultivo. É possível fazer um tratamento de sementes com eficiência, desde que o produtor siga as recomendações de bula, utilize EPI, aplique a dose correta do produto e faça a lavagem correta dos equipamentos antes e depois do tratamento”, orienta.

A Sumitomo Chemical oferece inúmeras soluções para a proteção de cultivos. Entre os destaques para o manejo de plantas daninhas, conheça os benefícios do herbicida ZethaMaxx®, pré-emergente de amplo espectro da Sumitomo Chemical, que é eficaz no controle de plantas daninhas de folhas largas e de folhas estreitas.

Para quem busca tratamento de sementes, é recomendável investir em Maestro® FS, que é referência para o controle de pragas mastigadoras, e Inside® FS, inseticida ideal para combater sugadores.

Quer saber mais sobre nosso portfólio de produtos?  Entre em contato com nosso SAC Sumitomo Chemical Brasil pelo Telefone: 0800-725-4011, WhatsApp: (85) 98128-3297 ou E-mail: sac@sumitomochemical.com